Prefeitura e Cosanpa discutem novo modelo de concessão para o abastecimento de água em Santarém

0
354

Devido às deficiências do serviço prestado, a concessão da Cosanpa está sob intervenção do município

 

O prefeito de Santarém, no oeste do Pará, Nélio Aguiar (DEM) iniciou diálogo com o presidente da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), Márcio Leão Coelho, na tentativa de encontrar uma solução para o abastecimento de água e ampliação da rede de esgoto no município. Quatro propostas estão em discussão e objetivam a mudança do modelo de concessão desses serviços.

A primeira conversa entre Nélio Aguiar e Márcio Leão ocorreu na manhã desta quarta-feira (20), antes da chegada do governador Helder Barbalho (MDB), ao município de Santarém, onde até o sábado (23), estará funcionando o programa “Governo por todo o Pará”.

Segundo o prefeito, tem proposta de PPP (Parceria Público Privada), concessão plena e concessão parcial ou sub concessão. A concessão parcial é o modelo que mais agrada a gestão municipal. Por esse modelo, a Cosanpa continua em Santarém, mas somente com a produção de água dos poços profundos, e uma nova empresa (privada) assumiria toda distribuição e faria todos os investimentos necessários na rede.

“Os investimentos passam por questões como a substituição da rede de amianto, para dar segurança no sistema e garantir o abastecimento de água. Essa nova empresa também teria que investir na parte de esgotamento sanitário, com mais ETE’s, com mais rede de esgoto”, explicou Nélio.