Tapajós e Remo ficam no zero em jogo movimentado pelo Parazão 2019

0
980
Bena Santana / Rádio Clube

Na estreia de Márcio Fernandes no comando, o Remo não conseguiu apresentar um bom futebol e ainda levou sufoco para empatar sem gols contra o Tapajós, nesta quinta-feira (7), em jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Paraense.

Em jogo bastante movimentado, os pouco mais de 500 torcedores viram o Remo chegar primeiro. Jader trabalhou aos cinco minutos no chute de Mário Sérgio.

(Foto: Bena Santana / Rádio Clube)

Do outro lado, o Tapajós tentava atacar pelo alto, mas foi por baixo que o Boto assustou: Silvio aproveitou vacilo da defesa e chutou forte para boa defesa de Vinicius, aos 26 minutos.

O jogo seguia com o Tapajós pressionando, mas um susto paralisou a partida: o lateral Amaral sofreu uma grave lesão e teve de deixar o gramado de ambulância, o que deixou o jogo parado por nove minutos.

(Foto: Bena Santana / Rádio Clube)

Ainda no primeiro tempo, o Remo perdeu sua melhor chance: Echeverria fez boa jogada e chutou para fora após tirar do goleiro Jader.

No segundo tempo, o meia remista colocou de novo o goleiro do Boto para trabalhar. Agora em cobrança de falta e por pouco, o Leão não tira o zero do placar.

A partir daí, o Boto foi pressão. Mesmo com pênalti não marcado pela arbitragem, o Tapajós colocou o Vinicius para trabalhar em três finalizações perigosas: a primeira no chute de Silvio, em seguida Leo Feitosa exigiu bela plástica do camisa 1 azulino e depois foi a vez de Daivison.

Do outro lado, o Remo perdeu a oportunidade de marcar com Mário Sérgio que chutou rasteiro após passe de David Batista.

No último lance do jogo, Daivison acertou a trave em cobrança de falta e para alivio dos remistas, o empate foi fundamental para o Remo, que chegou aos 14 pontos na liderança de sua chave no Parazão.

Já o Tapajós, o empate levou o Boto aos seis pontos e o fantasma da Segundinha aparece no retrovisor do time santareno, que volta a campo no dia 17 de março contra o São Francisco.

Já o Remo volta a jogar no dia 16, contra o Independente, em Belém.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS

FICHA TÉCNICA

TAPAJÓS: Jader; Amaral (Lucas Vitor), Henrique, Sandro e Junior; Pualinho Curuá, Fabinho, André e Leo Feitosa (Renato); Mariano (Daivison) e Silvio.

Técnico: Walter Lima

REMO: Vinicius; Djalma, Rafael Jansen, Kevem e Tiago Félix (Dedeco); Vacaria, Diogo Sodré e Echeverria; Ales Sandro (Henrique), Emerson Carioca (David Batista) e Mário Sérgio.

Técnico: Márcio Fernandes

ÁRBITRO: Gustavo Ramos Melo

ASSISTENTES: Ernélio Silva dos Santos e Carlos Lima Azevedo

CARTÕES AMARELOS: Diogo Sodré, Alex Sandro e Rafael Jansen (REM)

RENDA: R$ 2.890,00

PÚBLICO PAGANTE: 219

PÚBLICO TOTAL: 561

LOCAL: estádio Barbalhão, Santarém (PA)

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(Diego Beckman/DOL)