Auxíliar de enfermagem é preso suspeito de estuprar paciente sedada em hospital de SP

0
234

Funcionário do hospital foi demitido no dia seguinte ao crime.

Hospital Santa Catarina, na Bela Vista, na região central de São Paulo - Crédito: Reprodução

Um auxiliar de enfermagem foi preso nesta quinta-feira (7), suspeito de estuprar uma paciente do Hospital Santa Catarina, na Bela Vista, na região central de São Paulo, onde trabalhou por oito anos. O caso ocorreu em 15 de janeiro e foi confirmado pela Polícia Civil.

A vítima relatou ao jornal SPTV 2ª edição, da TV Globo, que se recuperava de uma cirurgia de varizes quando o homem entrou de madrugada em seu quarto. “Ele entrou sem avisar, sem eu chamar, e já foi direto no meu acesso. Injetou uma substância que me fez apagar imediatamente”, contou ao telejornal a mulher que preferiu não ser identificada.

Imagens de segurança mostram que o suspeito entrou no quarto da paciente três vezes naquela noite, permanecendo por 12 minutos na última delas.

O suspeito foi demitido no dia seguinte ao crime, após denúncia, diz a TV Globo. No mesmo dia, a mulher foi submetida a exame ginecológico, e o laudo não confirmou conjunção carnal. Ela precisou tomar o coquetel anti-HIV, o que impossibilitou a amamentação da filha.

A Secretaria da Segurança Pública não respondeu. O hospital disse que passou informações às autoridades.

Fonte: Roma News